DIAGNÓSTICO SOCIOAMBIENTAL DA ESTAÇÃO DE TRATAMENTO DE EFLUENTES DOMÉSTICOS NO MUNICIPIO DE PIRAPORA/MINAS GERAIS

Antônio Célio Cardoso Duarte 
Patrícia Ferreira Lara Duarte

Os esgotos sanitários constituem-se, em uma das principais fontes poluidoras dos recursos hídricos em grande parte dos rios brasileiros, notadamente aqueles próximos aos centros urbanos. Um dos fatores que contribuiu para a construção da Estação de Tratamento de Esgotos no município de Pirapora foi o fato de existirem os esgotos domésticos na cidade e esses por sua vez serem lançados em fossas sépticas ou clandestinamente em galerias de águas pluviais e consequentemente no rio São Francisco sem nenhum tipo de tratamento. Neste sentido almejamos com este artigo apresentar o processo de tratamento de esgoto doméstico da cidade de Pirapora, destacando a importância desta estação para o município, objetivamos ainda, analisar os problemas socioambientais decorrentes do despejo do esgoto in natura em algumas localidades no perímetro urbano desta cidade, mais especificamente, no Córrego Entre Rios e na Lagoa situada no bairro Aparecida. Neste sentido, realizamos pesquisas bibliográficas, pesquisa de campo, produção de material fotográfico e levantamento documental. Concluímos, a partir da apresentação do processo do tratamento do esgoto doméstico que é possível garantir melhor qualidade de saúde para a população do município de Pirapora através das medidas de saneamento básico.


 

Trabalho Completo