TRADIÇÕES RURAIS NO ESPAÇO URBANO DE UMA CIDADE MÉDIA: A AGRICULTURA URBANA NO BAIRO VILA ANÁLIA EM MONTES CLAROS-MG

Igor Martins de Oliveira

Este trabalho tem como objetivo compreender o desenvolvimento da prática da Agricultura Urbana-AU no bairro Vila Anália, na cidade de Montes Claros-MG, através da relação rural urbana. Adota-se, neste trabalho a teoria de que a Agricultura Urbana praticada pelos moradores do bairro, em sua grande maioria oriundos da área rural é exemplo da relação rural urbano na cidade. A Agricultura Urbana encontrada no bairro é de caráter multifuncional, apresentando diferentes tipologias de áreas, variedades de produtos e destinações. Geração de emprego e renda, preservação cultural, segurança alimentar e ocupação de espaços ociosos são alguns dos condicionantes que impulsionaram o desenvolvimento dessa prática. O referencial teórico utilizado enfocou a relação rural-urbano, o crescimento urbano, migração campo-cidade e os conceitos de Agricultura Urbana. Metodologicamente, seguiu os seguintes passos: revisão bibliográfica utilizando artigos, livros e dissertações; trabalhos de campo no bairro Vila Anália com a aplicação de questionário semi-estruturado e produção de materiais iconográficos. O trabalho de campo, bem como, a análise dos dados obtidos, possibilitou conhecer o perfil dos agricultores urbanos do bairro, a espacialização e diversidade da produção representada no trabalho através de mapas, gráficos e quadros. A partir deste trabalho, conclui-se que as relações sociais do bairro Vila Anália tem forte ligação com a cultura de origem rural dos agricultores urbanos. A AU influencia diretamente na qualidade de vida no bairro, por ser uma alternativa de complementação de renda, fonte de alimentação e alternativa para a preservação da cultura rural no cotidiano urbano. As relações sociais desenvolvidas a partir da AU são bem significativas, uma vez que a destinação dos produtos é para o consumo próprio e pequenas doações, principalmente das ervas medicinais, as quais exprimem a prática da medicina popular, especialmente através do consumo de chás. As relações sociais desenvolvidas no bairro traduzem os valores, hábitos, tradições e crenças mantidas no cotidiano dos moradores do bairro Vila Anália. Através da AU esses valores e hábitos são passados de pais para filhos, o que resulta nas suas preservações.


 

 Trabalho Completo