TRANSFORMAÇÕES DEMOGRÁFICAS E EVOLUÇÃO DA OFERTA DE EQUIPAMENTOS E SERVIÇOS SOCIAIS BÁSICOS DE SAÚDE EM MONTES CLAROS-MG: 1995 A 2009

Geraldo Matos Guedes
Luciene Rodrigues

A população de qualquer município se constitui em um dos principais agregados econômicos que se utiliza atualmente para avaliações macroeconômicas com vistas a se dimensionar a capacidade de produção e de consumo de uma determinada economia, quer seja país, estado, região ou município. O conhecimento da composição da população é uma variável importante para a definição de políticas públicas voltadas para a infância, juventude e idosos; para emprego, habitação, transporte, educação, assistência e proteção social e de saúde pública, entre outras. O crescimento populacional afeta diretamente as condições de vida ao requerer maiores disponibilidades de infra-estrutura e de serviços públicos, como hospitais, escolas, habitações, equipamentos e serviços públicos de lazer, entre outros. Aumenta a exigência por maior quantidade de bens para a alimentação, vestiário e repercute na renda per capita. Este trabalho busca analisar a evolução da população em Montes Claros, segundo o território urbano e rural, por sexo e por faixa etária, população economicamente ativa, população ocupada e alguns indicadores de saúde, tendo como horizonte temporal o período de 1995 a 2009. Também se faz uma projeção da população para Montes Claros tendo como horizonte o ano de 2030.


 

 Trabalho Completo